Páginas

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Som que não tem preço

Ai, gente! Eu fiz minha fonte...
É algo tão pequeno, tão simples ( apesar de trabalhoso), mas era um sonho que realizei antes do final do ano!
Foi um projeto anual concluído. Sabe aquelas metas que se faz no começo do ano? Essa foi uma delas!
Eu tenho tantos sonhos, às vezes até desanimo. Tenho aprendido muito com a PNL ( Programação Neuro Linguística), já ouviu falar?
Na PNL fala-se sobre você ser o fruto de 5 pessoas que você mais convive. E eu confesso que ultimamente tenho convivido com pessoas absolutamente geniais. Isso ajuda muito na realização dos meus sonhos e espero estar contribuindo para os sonhos do meu próximo também!
Aliás, esse é o foco desse blog.... ajudar na criatividade das pessoas, incentivar na decoração, na cozinha, no corpo, na alma!
Se desejar saber mais sobre PNL, eu sugiro 2 nomes dessa área: Vanessa Tobias e Cris Carvalho.
Vamos lá! Atreva-se a fazer seus sonhos tornarem-se bem reais!
Vou estar em férias, mas com minha máquina fotográfica em mãos....até a volta com muitas novidades!

Penso em pintar as pedras de branco...ainda estou pensando!

Coloquei só 1 carpa por enquanto, ela se esconde de mim....não admito!

Pra te incentivar ainda mais, caso você more em um lugar pequeno ou até mesmo em apartamento, é possível ter uma fontezinha charmosa! Segue o vídeo: Um laguinho, plantas e pedras no quintal


Bjos queridos!

Ju Alvarez

"Montei minha fonte e quase matei a carpa com desmoronamento de pedras..." Ju Alvarez

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Muitos avaliam a experiência que possuem pelos anos em que se dedicam àquilo que fazem. Se isso fosse verdade, aquele funcionário que aprendeu, em 15 minutos, a carimbar os documentos que lhe chegam às mãos, depois de 10 anos na mesma 
atividade poderia dizer que tem 10 anos de experiência. Na realidade, tem 15 minutos de experiência repetida durante muitos anos. 
Pedro, um lenhador, após um grande trabalho em uma área de desmatamento, se viu desempregado. Após tanto tempo cortando árvores, entrou no corte! A madeireira precisou reduzir custos... 
Saiu, então, à procura de nova oportunidade de trabalho. Seu tipo físico, porém, muito franzino, fugia completamente do biótipo de um lenhador. Além disso, o machado que carregava era desproporcional ao seu tamanho. Aqueles que conheciam Pedro, entretanto, julgavam-no um ótimo profissional. 
Em suas andanças, Pedro chegou a uma área reflorestada que estava começando a ser desmatada. Apresentou-se ao capataz da madeireira como um lenhador experiente. 
E ele o era! O capataz, após um breve olhar ao tipo miúdo do Pedro e, com aquele semblante de selecionador implacável, foi dizendo que precisava de pessoas capazes de derrubar grandes árvores, e não de "catadores de gravetos". Pedro, necessitando do emprego, insistiu. Pediu que lhe fosse dada uma oportunidade para demonstrar sua capacidade. Afinal, ele era um profissional experiente! Com relutância, o capataz resolveu levar Pedro à área de desmatamento. E só fez isso pensando que Pedro fosse servir de chacota aos demais lenhadores. Afinal, ele era um fracote... 
Sob os olhares dos demais lenhadores, Pedro se postou frente a uma árvore de grande porte e, com o grito de "madeira", deu uma machadada tão violenta que a árvore caiu logo no primeiro golpe. Todos ficaram atônitos! Como era possível tão grande 
habilidade e que força descomunal era essa, que conseguira derrubar aquela grande árvore numa só machadada? Logicamente, Pedro foi admitido na madeireira.  

Seu trabalho era elogiado por todos, principalmente pelo patrão, que via em Pedro uma fonte adicional de receita. 
O tempo foi passando e, gradativamente, Pedro foi reduzindo a quantidade de árvores que derrubava. O fato era incompreensível, uma vez que Pedro estava se esforçando cada vez mais. Um dia, Pedro se nivelou aos demais. Dias depois, encontrava-se entre 
os lenhadores que menos produziam... 
O capataz que, apesar da sua rudeza, era um homem vivido, chamou Pedro e o questionou sobre o que estava ocorrendo. "Não sei", respondeu Pedro, "nunca me esforcei tanto e, apesar disso, minha produção está decaindo". 
O capataz pediu, então, que Pedro lhe mostrasse o seu machado. Quando o recebeu, notando que ele estava cheio de "dentes" e sem o "fio de corte", perguntou ao Pedro: 
"Por que você não afiou o machado?". Pedro, surpreso, respondeu que estava trabalhando muito e por isso não tinha tido tempo de afiar a sua ferramenta de trabalho. 
O capataz ordenou que Pedro ficasse no acampamento e amolasse seu machado. Só depois disso ele poderia voltar ao trabalho. Pedro fez o que lhe foi mandado. Quando retornou à floresta, percebeu que tinha voltado à forma antiga: conseguia derrubar as árvores com uma só machadada. 

A lição que Pedro recebeu cai como uma luva sobre muitos de nós - preocupados em executar nosso trabalho ou, pior ainda, julgando que já sabemos tudo o que é preciso, deixamos de "amolar o nosso machado", ou seja, deixamos de atualizar nossos conhecimentos. Sem saber por que, vamos perdendo posições em nossas empresas 
ou nos deixando superar pelos outros. Em outras palavras, perdemos a nossa potencialidade. 
A experiência não é a repetição monótona do mesmo trabalho, e sim a busca incessante de novas soluções, tendo coragem de correr riscos que possam surgir.  

É "perder tempo" para afiar o nosso machado !

 ( texto retirado daqui)

Atreva-se a seguir!

Marcadores

MENSAGEM reciclagem #Conversando Culinária RECEITAS decoração decoração de natal GirlsLamps #RECEITAS MODA #Datas Especiais #Anima #DIY FOTOS artesanato #Dicas #Quintal Natal 2011 #Reciclagem CARTINHAS DE SEXTA FOTOGRAFIAS HISTÓRIAS Natal 2010 aniversário tubos de pvc #Beleza #Cozinha #Decoração CURIOSIDADES MÓVEIS Páscoa dicas madeira na cozinha renovação #Carnaval #City #Decoraria #Natal #Pets #Vídeos #sorteios FESTA DE CRIANÇA LIVROS PINTURAS Parque Japonês TINTAS VARIEDADES amigo secreto na empresa base de madeira bolo coelho horta mil artes molho porta vassouras mdf madeira passarinho guardanapo lacinhos potes tecido #De Mãe pra Filha #Inverno #Lavanderia #Livros #Saúde #Sexta-Feira #Tecido #Viagens #Vintage #cartonagem #amigos #noiva AMIGOS APOCALIPSE ATREVIDA BASTIDOR BOLO NA CANECA Benefícios do Chocolate Biscoitinhos Brincos CABIDEIRO DIVERTIDO CORAÇÃO Coleção Música EU SOU DO TEMPO EXPOSIÇÃO FAZENDO CORES FELTRO FILHOS FLOR CAFÉ FLORES Faxina GINÁSTICA INDIGNAÇÃO LENÇOS LULU ÁRABE LUMINÁRIA DE LATINHAS LUSTRE Lulu Lulu em abril MURO DE VIDRO Manjericão Mar Mexicanas Minha cachorrinha Mulheres Africanas MÚSICAS NOVAS AMIZADES Origami PASSARINHOS PERFUMES PESQUISA Penteados QUADROS Restaurantes SIMPLES Sobremesa de goiabada quente TARTARUGA Trabalho Unhas VESTIDOS Vinícola Vivere Parvo VÍDEO - PESO DE PORTA DELICADO Zoo de Curitiba adesivos alerta anões de jardim ateliê ação publicitária bala de côco banana verde biomassa bisnagas de brigadeiro bolo de cenoura bolo falso bolonhesa boneco de neve caderneta camarão castelo catedral chocolate convite cubos de madeira esmalte finados fita de cetim fitas fitilhos flor de cactus férias garrafas guardanapos jardim da vovó lagoa lembrança de aniversário logomarca lugares macarrão manjedoura mini orquídeas montagem de foto orquídeas papai noel papelão parque pata de vaca patchwork patês pintura country pintura de parede piso plumas porta prateleira mesa porta retrato potinho de iogurte preserve presépio princesas produtos artesanais pássaros rack renas tomate torta gelada vila de neve visita viveiro de mudas Área de serviço Ônibus Panorâmico

A ARTE DE SORRIR

Pin It button on image hover